É verdade que a pimenta causa gastrite?


É verdade que a pimenta causa gastrite?

Muitas verdades e mentiras são afirmadas sobre a pimenta e seu potencial em agredir ou prejudicar o estômago, principalmente no que se refere aos problemas de acidez, como a gastrite. A doença, que é estigmatizada pelo consumo de alimentos fortes, carrega essa carga de dúvidas sobre a ingestão de determinados alimentos.

Quando falamos na pimenta, conhecida pelo seu sabor potente e seus efeitos quentes, fica no ar a dúvida sobre seu potencial como desenvolvedora de problemas estomacais: Será que a pimenta realmente é capaz de provocar gastrite?

Para entender a relação do alimento com a doença, entenda sobre as propriedades da pimenta e seus efeitos em sua digestão, compreendendo a resposta dessa pergunta com maior cuidado.

O histórico da pimenta

Considerada um veneno para pacientes com hemorroidas, gastrite ou hipertensão, a pimenta já foi muito hostilizada por pesquisas mais antigas que afirmavam seu potencial em prejudicar quadros como esses.

Sendo descoberto que a mesma era anti-inflamatória, antioxidante e capaz de liberar endorfina, essas verdades logo foram desmentidas e tornadas mitos. A pimenta, extremamente saudável, é um elemento a ser considerado em sua dieta, já que não faz mal e enriquece o organismo, auxiliando no equilíbrio de sua alimentação e na limpeza do corpo.

Pimenta

Como consumir pimenta

Assim como qualquer outro alimento, a pimenta deve ser consumida com moderação, evitando exageros em todos os pratos em que for acrescentada. Não só pelo ardor que provoca, mas também por seus efeitos naturais, ela deve ser ingerida em quantidades razoáveis, incrementando sabores diversos ou servindo de tempero em pratos prontos.

Nessas condições, sua relação com problemas de saúde é baixíssima.

A pimenta e a gastrite

Pode-se concluir que a pimenta não provoca gastrite, sendo igualmente incapaz de induzir qualquer problema estomacal vinculado à acidez. Mesmo com o sabor quente e picante, é um engano pensar que seu consumo estimule essas doenças.

A pimenta provoca o aumento de enzimas digestivas, até mesmo as ácidas, provocando um leve incomodo que pode agravar a gastrite, mas não seria capaz de provoca-la em indivíduos saudáveis. A dica para não enfrentar problemas com o consumo é evitar a ingestão em grandes quantidades, ponderando sobre sua inclusão em seu cardápio.

Com diversos benefícios para a saúde, o consumo da pimenta é uma boa pedida para aumentar sua qualidade de vida, mas na rotina alimentar de indivíduos portadores de gastrite, é ideal contar apenas com pitadas moderadas para evitar complicações.

Gastrite Pimenta

+ There are no comments

Add yours